Havia uma pastora que gostava de dançar, mas o pai não deixava que ela dançasse.

Um dia a pastora foi pastar as ovelhas ela tinha muita sede e ela ia beber água mas esqueceu-se encher o cantil.

Ela começou a chorar porque tinha muita sede.

Apareceu um duende da Lua e ele disse:

-Porque estás a chorar?

A pastora disse:

  - Eu tenho muita sede e não enchi o meu cantil.

- Então vai a casa encher o cantil – disse o duende.

- Eu não posso, o meu pai não deixa, já sei, tu podes ir a minha casa e enfrentar o meu pai.

-Eu, não posso.

-Então vou morrer à sede.

O duende disse:

 – Vou fazer um feitiço para tu teres forças para levantares aquela rocha, lá está água.

A pastora levantou a rocha e lá estava água. – O duende tinha razão disse a pastora.   

 

Esta história foi escrita, depois dos alunos terem assistido à sua dramatização

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 20:41