pesquisar

 
Quinta-feira, 05 / 05 / 11

A lenda do milagre das rosas

Há muito, muito tempo, em Leiria, viviam os reis de Portugal, o rei Dom Dinis e a rainha Dona Isabel. A rainha era gentil e caridosa, o seu marido era administrador do reino e tinha algum receio que ela desse demasiado.

Um dia os reis mandaram construir uma igreja dentro do castelo, igreja da Penha. A rainha costumava ir à igreja dar pão aos pobres.

- TEMOS FOME, MUITA FOME…

-Bom dia a todos, trago-vos pão para comer.

No outro dia aconteceu o mesmo.

Num dia em que a rainha estava para distribuir o pão, que levava no seu manto, o rei apareceu

De repente e disse:

-Que levais aí, senhora?

- Rosas senhor!

O rei seguiu o seu caminho feliz, dando descanso à rainha.

 

 

 

Recontado pela turma 2 de Colmeias

e escrito a computador por Juliana Marto do 3º ano

da mesma escola.

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 20:10
Quinta-feira, 05 / 05 / 11

O dia da Mãe

Era dia da Mãe e o menino João tinha passado a noite toda a pensar no que deveria e o que poderia

oferecer à sua Mãe.

Ele queria que este dia fosse muito especial, pois  queria agradecer todo o amor, carinho, paciência e o esforço que a sua Mãe tinha tido para com ele.

E logo de manhã levantou-se muito cedo e foi ao jardim, colher muitas flores, entrelaçou-as e escreveu a palavra Mãe com elas, tinha ficado um arranjo  muito bonito, ele estava impaciente para o entregar à sua Mãe.

Chegou a hora de oferecer aquele arranjo à sua Mãe, pois ela tinha acabado de se levantar, ele estava um bocadinho envergonhado e a tremer das suas mãozitas à espera da sua Mãe.
Quando a Mãe viu aquele arranjo, abraçou o menino com tanta ternura que o menino sentiu que tinha retribuído todos aqueles sentimentos num gesto tão pequenino e disse para a Mãe:
 - Gosto muito de ti mamã!
O menino olhou para a Mãe e viu aquele brilho nos olhos  e aquele sorriso na face que só o Amor de Mãe tem.

 

 

 

 

Alexandre Santos, 2º Ano

Escola de Colmeias

1 de Maio de 2011

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 01:30
Quinta-feira, 05 / 05 / 11

Dia da Mãe

Hoje é dia da mãe

Um dia muito especial

Vou fazer o possível

Para não me portar mal.

 

Mãe, tu és espectacular

Como tu não há ninguém

Por isso dou-te um colar

E um beijinho também.

 

Dei-lhe um coelhinho

E ela gostou

Dei-lhe um ursinho

E ela adorou.

 

No meu coração

Está a minha mãe

Dou-lhe a mão

E fica tudo bem.

 

Quando eu crescer

Também vou ser mãe

Oxalá possas ver

E ajudar-me como ninguém.

 

Escritora: Mariana Ferreira

Aluna do 2ºano

Escola de Colmeias

 

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 01:21
Quinta-feira, 05 / 05 / 11

A Mistela

Era uma vez uma aranha de estimação, o seu dono era um vampiro. A aranha morava num castelo.

Um dia, a aranha apercebeu-se que o seu dono estava a fazer uma mistela mágica.

Essa mistela era para transformar a aranha num morcego.

O vampiro tentou dar a mistelaà aranha, mas a aranha escondeu-se. O vampiro foi encontrá-la ao pé do sino do castelo. Como a aranha era esperta fugiu.

Depois ela colocou outro ingrediente na mistela e modificou-a, assim a primeira pessoa que lhe tocasse era amaldiçoada.

O vampiro tocou na mistela e ficou com a maldição transformando-se em lobo.

A maldição só passava se alguém tocasse o sino à meia-noite nas doze badaladas. E a aranha viveu feliz para sempre. 

 

Escritora: Lara Cordeiro

Aluna do 3ºano Da escola de Colmeias

 

 

publicado por escapameldascolmeias às 00:57

Maio 2011

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
20
21
22
23
24
26
27
29
30
31

últ. comentários

mais comentados

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro