pesquisar

 
Sexta-feira, 11 / 05 / 12

Passeios Especiais

Era uma vez uma menina chamada Érica, ela era rebelde, mas era muito simpática.

Um dia de manhã, resolveu fazer um piquenique, sozinha na praia.

Quando terminou, decidiu dar um passeio à beira mar. Até que encontrou um barco velho e decidiu arranjá-lo. De seguida foi para o mar com o barco.

A Érica ia distraída e de repente – shplás- bateu numa rocha, e caiu para o mar.

A Érica estava perdida no mar. Ela encontrou uma baleia que ficou sua amiga.

A baleia levou-a até um rapaz que vivia com ela no mar.

E logo que a Érica viu o rapaz, apaixonou-se. A menina e o menino ficaram namorados.

Um dia eles resolveram fazer uma aventura, no fundo do mar, para conhecer muitos peixes. A baleia também foi com eles, para encontrar mais amigos.

Eles viveram uma aventura maravilhosa, conheceram peixes novos, pedras novas e também viram algas de outros tipos e sabores. A meio do caminho encontraram um amigo da baleia, o seu nome era Horácio. Juntou-se à aventura. Eles foram passear juntos.

Ao chegarem a casa e foram dormir, porque estavam muito cansados.

Passado alguns anos, eles ficaram um bocadinho velhos, mas continuaram a dar passeios. E foram assim dando passeios ao longo da vida, e até descobriram que os passeios eram especiais.

Eles foram felizes para sempre!!!!!!!!!!!

Adriana

 

Olga

 

 

André Gonçalves

Filipa

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 17:30
Sexta-feira, 11 / 05 / 12

A Lili e o Max

 

          A Lili foi para dentro do mar e encontrou um tubarão chamado Max. A Lili gostou logo muito dele.

Eles viveram aventuras à procura dos barcos afundados. Passado alguns dias, à noite, o Max e a Lili foram à superfície do mar. Eles encontraram os amigos de Lili e fizeram-lhes partidas.

Lili pediu ao Max para a levar a ver a sua casa. Ela queria conhecer a família dele. Ao lá chegar, a Lili viu os filhos do Max, um chamava-se Dentinho e o outro era Sérgio. Ambos gostavam de jogar futebol com um ouriço-do-mar. A mulher do Max era a Suzzy, ela fazia sempre o almoço com algas saborosas. O Max contou como era a sua vida. Ninguém falava mal dele, todos sabiam que dele não era preciso ter medo, porque era o bom tubarão.

         No dia seguinte, Max e Lili, encontraram outro barco afundado, mas uma orca impediu-os de tirar o tesouro. Ele, o tubarão, disse que podiam dividi-lo. A orca concordou e a partir daí ficaram amigos.

   Nesse mesmo dia, Max e Lili perguntaram à orca qual era o seu nome. Ela respondeu que não tinha nome. Então a Lili perguntou--lhe o que gostava de fazer. Ela disse que gostava de guardar tesouros e brincar. Então decidiram que o nome dela seria Brincalhona.

 A Lili despediu-se dos seus amigos marinhos e foi-se embora. Ela contou as suas novidades aos amigos e tudo o que aconteceu debaixo do mar.   

 

trabalho realizado por

André Santos

André Oliveira

Gustavo

Benjamim

Corrigido por toda a turma

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 17:13

Maio 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

últ. comentários

mais comentados

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro