Quando a Rita abriu a bolsa do material da escola, havia um lápis de carvão que estava sempre triste.

Todos os dias dizia que não queria ir à escola.

Não gostava dos lápis de cor que o gozavam sempre. Diziam que só eles pintavam as flores mais bonitas.

Então a Rita disse-lhe que ele era mais importante porque os meninos aprendiam a escrever as melhores histórias do mundo com o cinzento do lápis de carvão.                                                

 

Escrita por Mariana Cabaço

Aluna da Escola de Colmeias do 2ºano

 

 

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 16:46