Os anunos do 3ºano, da escola de Colmeias,  estiveram a escrever quadras, moda de Lúisa Ducla Soares

 

Semeei na minha quinta

Os óculos do Rafael:

Quando os ia para usar,

Estavam cheios de mel.

Todos

Semeei na minha quinta

Três carros de brincar

Quando ia para brincar nele

Ficou por arranjar.

Lúcia

Semeei na minha quinta

Uma linda melancia

Fui para a comer

Apareceu-me uma bacia  

Matilde

Semeei na minha quinta

Um pedaço de camião

Nasceu um grande cão

Que fez ão, ão, ão.

Manuel

Semeei na minha quinta

Um grande alho francês

Quem o comeu

Foi um senhor chinês

 

Semeei na minha quinta

Uma abóbora da minha avó

Quando eu fui comer

O galo cantava co-ro-co-có.

Íris

 

Semeei na minha quinta

Os óculos do Tiago,

Quando ia para os pôr

Nasceu um lago.

Tiago Ventura

Semeei a minha quinta

Três bocados de melão

Nasceu um camião

Não parava de dar pão

 

Semeei na minha quinta

Uma panela de pressão:

Nasceu um velho

A cantar uma canção.

Vasco Sous

Semeei na minha quinta

Uma linda professora

Quando a ia ver

Era uma cenoura.

 

Semeei na minha quinta

Um lindo menino Duarte

Ele era tão grande.

Devia ter saído de Marte.

Duarte

Semeei na minha quinta

A afiadeira do Rafael

Quando a ia para usar

Estava cheia de mel.

 

Semeei na ninha quinta

Um gato muito meigo

Ia para lhe dar uma

Festinha e ele arranhou-me no peito.

 

Semeei na minha quinta

As sapatilhas do Rafael

Ia para as apanhar

Mas elas tinham papel.

Rafael

tags:
publicado por escapameldascolmeias às 14:41